Urgências 939 571 715
Abertos todos os dias
das 10h às 22h

Pug 10 meses come as próprias fezes

0
0

Tenho um pug de 10 meses e desde pequeno que come as suas próprias fezes. Sempre se alimentou da marca Royal Canin. O Vet da minha localidade aconselhou um suplemento chamado Forbid mas não funcionou. O que pode ajudar o Enzo a deixar este hábito?

  • You must to post comments
0
0

O comer as fezes pode ter 2 origens:

  1. Deficiências alimentares: não acredito nesta hipótese porque sempre comeu Royal Canin, que é uma dieta comercial equilibrada, das melhores que há. Tanto é que lhe deu um suplemento vitamínico e não funcionou.

  2. Origem comportamental: o antepassado do cão tinha escassa disponibilidade de alimentos, pelo que comia as fezes para reaproveitar nutrientes nestas desperdiçadas. É portanto um comportamento genético, que tem sido transmitido de geração em geração até aos dias de hoje. Contudo, nos dias de hoje, os cães não têm essa necessidade, porque têm sempre comida disponível (pelo menos os cães com donos responsáveis), pelo que não exibem este comportamento com tanta frequência. Faz parte da evolução das espécies este gene se ir perdendo. Ou seja, nem só os cães com este gene sobrevivem, os outros também, pelo que nem sempre o gene é transmitid. Na prática, isto quer dizer que é normal o seu cão poder exibir este tipo de comportamento e pouco pode fazer a não ser tentar evitar e educá-lo. Para além de não ser higiénico, pode ser uma forma de transmissão de doenças parasitárias e/ou infeciosas, principalmente para os cães que comem as fezes de outros animais.

Dou-lhe os seguintes conselhos:
[minus_list]

  • Tente apanhar as fezes assim que o seu cão as fizer, para não lhe dar oportunidade de as comer.
  • Não o castigue se o fizer, principalmente se não for apanhado em flagrante.
  • Se for apanhado em flagrante, tente associar um reforço negativo, de modo a ele deixar de comer as fezes. Por exemplo, faça algum barulho que o assuste enquanto está a exibir o comportamento indesejado, de modo a ele associar o susto ao comportamento e deixar de o fazer. Não precisa bater.
  • Quando o cão defecar e não comer as fezes, ou seja exibir o comportamento correto, associe um reforço positivo, de modo a encorajá-lo. Podem ser biscoitos, o que pode engordar o cão, mais facilmente ainda neste tipo de raças. Melhor será dar-lhe miminhos e atenção, afinal de contas é o que faz os animais mais felizes.
  • Alimente o seu cão antes do passeio, mas não em demasia, o suficiente para ele se sentir saciado e não ter vontade de comer as fezes.
  • Desparasite o seu cão pelo menos de 3 em 3 meses e mantenha as vacinas sempre atualizadas, pois a prevenção deve ser reforçada quando o animal tem comportamentos de risco.

É uma questão de tempo e paciência, mas é um problema muito difícil de solucionar, por ter uma base genética. Pode ter períodos em que não ocorra o comportamento, como de repente voltar a acontecer.

  • You must to post comments
A mostrar 1 resultado
A sua resposta
Guest Author
Post as a guest by filling out the fields below or if you already have an account.
Name*
E-mail*
Website
Body*