Urgências 939 571 715
Abertos todos os dias
das 10h às 22h

duvidas rafeiro alentejano

0
0

bom dia
fui buscar um cachorro rafeiro alentejano com 7 semanas. Sempre tive muitas duvidas de ter este cão de grande porte no apartamento, mas os criadores disseram-me que ele acabaria por se habituar. Descobri agora que a mãe tem displasia da anca, duma forma grave, tem 4\5 anos e já arrasta as patas traseiras. Gostava de saber quais se o cachorro vai provavelmente ter essa doença, pois sendo assim vou ter de devolver o cachorro pois moro num 7º andar e se ele ficar com problemas de locomoção como a mãe , acho que não vou conseguir dar-lhe assistência…. Será que é possível darem-me uma opinião… Agradeço desde já

  • You must to post comments
0
0

É um erro ter um cão deste porte num apartamento. É um cão que chega facilmente aos 60 kg. É tipicamente um cão de quinta, que prefere estar na rua do que em casa e que precisa de espaço. Também transportar um cão deste porte em caso de imobilidade torna-se muito complicado. Se a mãe tem um grave grau de displasia, a probabilidade deste cão vir a ter displasia é elevada. Aliás é um dos critérios de escolha de um cão de grande porte, seja qual for a raça, ambos os pais não terem displasia da anca, comprovado por certificado oficial. Os animais com displasia da anca devem ser excluídos da reprodução, pois trata-se de uma doença hereditária, que diminui grandemente a qualidade de vida do animal e do dono, para além das despesas que isso implica. A decisão de guardar este cão ou devolvê-lo é sua, mas deve tomar esta decisão em conhecimento de causa.

  • You must to post comments
A mostrar 1 resultado
A sua resposta
Guest Author
Post as a guest by filling out the fields below or if you already have an account.
Name*
E-mail*
Website
Body*